Teatro Santa Isabel sedia abertura da Semana de Conciliação

Notícias

10/12/2009

Teatro Santa Isabel sedia abertura da Semana de Conciliação

10/12/2009
Teatro Santa Isabel sedia abertura da Semana de Conciliação

Fonte: TJPE

A abertura oficial da 4ª Semana Nacional pela Conciliação em Pernambuco ocorreu no Teatro Santa Isabel na segunda-feira (7), às 19h, com as apresentações da Orquestra Criança Cidadã dos Meninos do Coque e do poeta Jessier Quirino. Estavam presentes no evento diretores, desembargadores, juízes e servidores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) enviou ao Estado o conselheiro José Adonis Callou de Araújo para acompanhar o início da Semana em Pernambuco. No início da cerimônia no Teatro, José Adonis destacou a importância do movimento que incentiva a cultura da conciliação. O conselheiro reconheceu o esforço do Tribunal e dos magistrados na realização e organização do evento. “Os 25 mesas de conciliação instaladas no Fórum Rodolfo Aureliano e esta festa no Santa Isabel são provas do empenho do TJPE na realização da Semana”, elogiou. José Adonis visitou o Fórum no início da tarde da segunda-feira.

O presidente do TJPE, desembargador Jones Figueirêdo, conversou com o público em seguida, convidando todos para celebrar as ações da Justiça ao som da Orquestra Criança Cidadã. O presidente também comentou a escolha do local para abertura oficial do evento. “O Santa Isabel foi uma escolha apropriada, diante do significado libertário e cidadão que o Teatro possui, assim como se configura a Semana de Conciliação”.

Apresentações - A Orquestra Criança Cidadã iniciou seu show com um clássico da música brasileira, Aquarela do Brasil, de Ary Barroso. O repertório do grupo também incluiu canções natalinas, aproveitando a época de festejos de fim de ano. O poeta paraibano Jessier Quirino foi a segunda atração no palco do Santa Isabel, contando com muita desenvoltura alguns causos de matutos.

Também compareceram ao evento a professora Toni Fine, vice-reitora da Universidade de Fordham, em Nova Iorque, e representantes do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6), da Defensoria Pública Estadual (DPPE), do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional de Pernambuco (OAB-PE).
 

Voltar