Representatividade da mulher advogada: Ingrid Zanella palestra na OAB Vitória de Santo Antão

Notícias

27/03/2024

Representatividade da mulher advogada: Ingrid Zanella palestra na OAB Vitória de Santo Antão

27/03/2024
Representatividade da mulher advogada: Ingrid Zanella palestra na OAB Vitória de Santo Antão

Debater sobre a importância da representatividade das mulheres advogadas na política da Ordem dos Advogados do Brasil. Este foi um dos objetivos do “Mês Rita Maria da Silva Lima: para todas as mulheres” promovido nesta quarta-feira (27), pela OAB Vitória de Santo Antão, por meio da Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE) e das Comissões de Defesa da Mulher Advogada; de Direito à Cidade; e de Diversidade Sexual e de Gênero da Subsecção.

O presidente da OAB Vitória de Santo Antão, Washington Amorim, foi o anfitrião do evento. Ao lado dele, a vice-presidente da OAB-PE, Ingrid Zanella, que participou da abertura da solenidade e palestrou no painel “A palavra de Ordem é Igualdade: a atuação das mulheres advogadas na conquista de espaço na OAB”. Também participaram da mesa de abertura do evento, a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE), Anne Cabral; e a advogada e ex-conselheira federal pela OAB-PE, Adriana Rocha.

Para a vice-presidente da OAB-PE, a discussão sobre gênero e espaços de poder dever ser ampliada. “É uma felicidade poder conversar sobre advocacia e política de Ordem. A gente não pode discutir questão de representatividade apenas em rodas de mulheres. Temos que ampliar o escopo. Os homens precisam entender como isso é importante para a construção de uma sociedade mais democrática. Temos que trabalhar com o mesmo propósito”, asseverou Ingrid Zanella.

“Não existe causa sensível para a advocacia pernambucana. A gente vai lutar pela defesa da mulher, o fim do assédio, a representatividade e pelo direito da mulher usar o que ela quiser no exercício da sua profissão”, complementou a vice-presidente da OAB-PE.

Ao fazer uso da palavra, o presidente da OAB Vitória de Santo Antão, Washington Amorim, agradeceu a presença da OAB Pernambuco na programação. “É uma alegria receber a nossa vice-presidente na Subsecção Vitória, em um mês tão especial dedicado às mulheres”, disse.

A secretária-geral adjunta da OAB-PE, Manoela Alves, integrou o painel “E eu não sou uma mulher? Mulheridades em perspectiva”. Ela palestrou sobre a luta pelos espaços de poder por mulheres advogadas negras. Ao lado dela, a vice-presidente da Comissão da Verdade sobre a Escravidão Negra da OAB-PE, Robeyoncé Lima; e a mediadora Aísa Carline.

“Eu penso no mundo com equidade. É sobre uma luta que precisa ser coletiva, sobre um pacto por equidade que precisa ser compromisso inegociável das organizações. Enquanto esse pacto não for assumido por todas as pessoas, em todos os espaços, a todo o tempo, não teremos uma sociedade com equidade para todas as pessoas”, afirmou a secretária-geral adjunta da OAB-PE, Manoela Alves.

A programação seguiu no período da tarde, com uma homenagem para a funcionária da OAB Vitória de Santo Antão, Rita Maria da Silva Lima, que emprestou seu nome ao evento. Ela foi enaltecida pelo trabalho desempenho ao longo de 15 anos de atividades na Subsecção. Outras mulheres pioneiras na OAB Vitória de Santo Antão também receberam homenagens.

No encontro, estiveram presentes, ainda, o presidente e a secretária-geral da OAB Gravatá, Luciano Félix e Carolina Paiva; além de representantes da advocacia da região, estudantes de Direito e outras pessoas interessados no tema. As palestras contaram com certificação de horas-aula para carga horária complementar, emitido pela ESA-PE.

 

Voltar