Ipespe atesta aprovação da gestão da OAB-PE

Notícias

12/06/2015

Ipespe atesta aprovação da gestão da OAB-PE

12/06/2015
Ipespe atesta aprovação da gestão da OAB-PE
Pesquisa realizada no período de 21 a 27 de maio último, pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), indica um índice de 79% de aprovação da atuação da gestão da OAB-PE. Outros 10% desaprovam e 11% não souberam ou não quiseram responder ao questionamento. Já a atuação da direção da Seccional pernambucana da Ordem foi avaliada como ótima/boa por 74% dos entrevistados; regular por 17%; ruim/péssima por outros 4%. Os 5% restante não souberam ou não quiseram responder. A pesquisa revela, ainda, que a OAB-PE está no caminho certo para 80% dos entrevistados, enquanto 9% disseram que a instituição está no caminho errado; e 11% não souberam ou não quiseram responder. São dados que só revalidam a pesquisa anterior, promovida no período de 02 de março a 01 de abril, quando, de forma espontânea, advogados responderam ao questionário encaminhado via Recorte Digital - um dos serviços oferecidos gratuitamente, que consiste no envio diário das publicações judiciais -, apontando que a OAB-PE está no caminho certo, segundo 1152 advogados, o equivalente a 84,09% do total de entrevistados. A pesquisa aplicada agora pelo Ipespe ouviu 400 advogados da capital e interior, selecionados de forma aleatória, com margem de erro de 5%. Levando-se em consideração principalmente os dois primeiros anos da gestão - 2013 e 2014 -, os questionamentos foram feitos em torno de pontos específicos de ações realizadas. A luta em defesa das prerrogativas do advogado; a estruturação de estacionamentos nos fóruns; a elevação do teto dos honorários advocatícios; e a realização de convênios que se revertem em bens e descontos para os advogados foram alguns dos pontos da pesquisa, avaliados positivamente. A pesquisa também avaliou qual o posicionamento dos entrevistados em relação à participação da OAB-PE nos temas de interesse social, a exemplo do ajuizamento de ação civil pública cobrando melhorias no sistema penitenciário; e a campanha de combate à corrupção. A maioria dos entrevistados pelo Ipespe avalia que a atual direção da OAB-PE trabalha de forma democrática e demonstra proximidade com a classe. Ou seja, ouve e leva em consideração a opinião dos advogados. “Com atuação reconhecida nacionalmente, ao longo de seus 83 anos de história, a OAB-PE seguirá dialogando com os advogados pernambucanos, gerando resultados também a partir das demandas da própria classe, sendo as pesquisas ferramentas preciosas para democratização da gestão”, enfatiza o presidente da OAB-PE, Pedro Henrique Reynaldo Alves. O Ipespe - Fundado em 1986, o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas, é uma das instituições mais respeitadas do Brasil no setor de pesquisas de mercado e opinião pública. Tem sede no Recife e conta com equipes operacionais e consultores em todos os estados do país, com atuação no âmbito nacional e internacional.
Voltar