Fernando Ribeiro Lins prestigia transmissão de cargo ao novo corregedor-geral de Justiça de Pernambuco

Notícias

06/02/2024

Fernando Ribeiro Lins prestigia transmissão de cargo ao novo corregedor-geral de Justiça de Pernambuco

06/02/2024
Fernando Ribeiro Lins prestigia transmissão de cargo ao novo corregedor-geral de Justiça de Pernambuco

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Pernambuco (OAB-PE), Fernando Ribeiro Lins, prestigiou na tarde da segunda-feira (5), no Fórum Thomaz de Aquino Cyrillo Wanderley, a posse do novo corregedor-geral de Justiça, desembargador Francisco Bandeira de Mello, para o biênio 2024/2026.

Ele substitui o desembargador Ricardo Paes Barreto, novo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), que teve sua foto afixada na Galeria de Corregedores-Gerais da Justiça de Pernambuco, durante a cerimônia da segunda-feira, no Fórum Thomaz de Aquino.

“O corregedor precisa agir com parcimônia para a solução dos diversos conflitos no âmbito da administração da Justiça. E acredito que o desembargador Francisco Bandeira de Mello irá atuar com firmeza e dedicação para garantir um serviço judiciário forte. Desejo sucesso em sua trajetória”, asseverou o presidente da OAB-PE, Fernando Ribeiro Lins.

Durante a posse, o novo corregedor-geral de Justiça destacou que o diálogo entre agentes do sistema de Justiça será uma de suas metas. “A corregedoria vai buscar, ainda mais, a aproximação com magistrados, servidores, advogados, Ministério Público, com todos que compõem o sistema de Justiça para a execução de políticas judiciárias”, disse. “Minhas palavras de compromisso são: diálogo e construção de soluções visando a eficiência como objetivo. O lema é compromisso com a eficiência da Justiça”, ressaltou o desembargador Ricardo Paes Barreto.

Em seu discurso, o presidente do TJPE e ex-corregedor, Ricardo Paes Barreto, enfatizou o trabalho da corregedoria. “Tenho certeza do compromisso ético do desembargador Francisco para com a justiça digna e o controle dos serviços judiciais. É preciso firmeza, dedicação e, acima de tudo, orientação aos magistrados, magistradas e servidores, dando-lhes oportunidade de correção para que possam exercer suas funções solidificando a democracia e visando a paz social”.

Estiveram presentes na solenidade, os ex-presidentes da OAB-PE, Jorge Neves, Aluísio Xavier e Júlio Oliveira Neto. Também da Ordem, participaram da transmissão de cargo, a conselheira federal, Adriana Caribé; o diretor-geral da Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE), Leonardo Moreira; e os presidentes das comissões de Relações Institucionais e Direito Penal, Diana Câmara e José Luiz Galvão, respectivamente. O evento foi bastante prestigiado por juristas e autoridades.

Perfil – O novo corregedor-geral de Justiça, desembargador Francisco Bandeira de Mello, ingressou no TJPE em 2 de agosto de 2006, pelo quinto constitucional da advocacia, sendo titularizado na antiga 8ª Câmara Cível (atual 2ª Câmara de Direito Público). Presidiu a Comissão de Organização Judiciária e Regimento Interno do TJPE em dois mandatos (2008 a 2012) e a Comissão Organizadora do Concurso para Juiz Estadual (2009/2012). Também atuou como membro titular da 2ª Câmara de Direito Público e da Seção de Direito Público. Exerceu, ainda, as funções de Diretor Geral da Escola Judicial de Pernambuco – Esmape (biênio 2022/2023) e, nessa condição, integrou o Conselho da Magistratura.

Voltar