Em Abreu e Lima, presidente da OAB-PE prestigia inauguração da Praça da Democracia, berço do Movimento “Diretas Já”

Notícias

01/04/2024

Em Abreu e Lima, presidente da OAB-PE prestigia inauguração da Praça da Democracia, berço do Movimento “Diretas Já”

01/04/2024
Em Abreu e Lima, presidente da OAB-PE prestigia inauguração da Praça da Democracia, berço do Movimento “Diretas Já”

O presidente da OAB Pernambuco, Fernando Ribeiro Lins, participou, na manhã desta segunda-feira (1º), da inauguração da Praça da Democracia, localizada em Abreu e Lima. A entrega do equipamento aos cidadãos do munícipio, no berço do Movimento “Diretas Já”, marca a importância e pioneirismo da cidade para a democracia do país. No ano de 1983, neste mesmo local, José da Silva Brito, Antônio Amaro Cavalcanti, Reginaldo Silva e Aguinaldo Fenelon promoveram o então primeiro ato público em favor do restabelecimento das eleições diretas para presidente do Brasil. 

Em seu discurso, o presidente Fernando Ribeiro destacou a importância da entrega do equipamento em uma data tão emblemática, como os 40 anos do Movimento “Diretas Já”. “Há quatro décadas, precisamente aqui, no coração de Abreu e Lima, testemunhamos um ato de coragem e esperança. É uma satisfação imensa poder estar aqui, neste dia especial, exaltando a restauração da democracia do nosso país. A OAB-PE, evidentemente, não poderia deixar de participar do ato para valorizar e enaltecer ações tão importantes como essa”, discursou Fernando Ribeiro Lins. “A OAB-PE, mais uma vez, se coloca à disposição da sociedade para que possamos efetivar os direitos que estão no artigo 5º da Constituição. A Ordem estará sempre ao lado, não só da advocacia, mas de toda sociedade brasileira. Viva a Democracia!”, finalizou.

Estiveram presentes na cerimônia, os anfitriões, o prefeito e vice do município, Flávio Gadelha e Murilo Vieira dos Santos, respectivamente; o presidente e a secretária-geral da OAB Paulista, Diogo Espíndola e Jéssica Ribeiro; o procurador-geral de Justiça, Marcos Carvalho; o secretário executivo de Direitos Humanos do Estado, Jayme Asfora; a deputada estadual Dani Portela, representando o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Álvaro Porto; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Adalberto de Oliveira Melo; o conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Rodrigo Novaes; além de Marcelo Santos Cruz, militante dos Direitos Humanos; e a professora Maria Lúcia Barbosa, representando a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Voltar