CEJ recebe livros do acervo pessoal do conselheiro Orlando Morais

Notícias

05/10/2009

CEJ recebe livros do acervo pessoal do conselheiro Orlando Morais

05/10/2009
CEJ recebe livros do acervo pessoal do conselheiro Orlando Morais

Fonte: TJPE

O Centro de Estudos Judiciários (CEJ) do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) foi contemplado com parte do acervo da biblioteca pessoal do primeiro presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Orlando Morais, falecido em março deste ano. Mais de 80 livros da área de Direito, em várias línguas, fazem parte da doação, feita pela viúva Mabel Ramos Morais. Os volumes foram repassados pelo CEJ à Biblioteca Desembargador Alexandre Aquino, localizada no Fórum Rodolfo Aureliano.

Natural de Água Preta, município da Zona da Mata de Pernambuco, Orlando Morais foi conselheiro do TCE entre 1968 e 1986. Antes, atuou como advogado, jornalista e foi secretário de governo do Estado de Pernambuco na década de 50, na gestão de Agamenon Magalhães. Para o diretor do CEJ, desembargador Ricardo Paes Barreto, o acervo recebido é de grande importância para a instituição e para a sociedade. “São livros clássicos, antigos e de boa qualidade, que auxiliarão nas pesquisas dos magistrados e demais usuários da biblioteca”, disse.

O Centro de Estudos - Fundado em 25 de fevereiro de 1999, o CEJ organiza e promove pesquisas, congressos, conferências e estudos, levando mais conhecimento aos integrantes da Justiça estadual. O CEJ também desenvolve atividades com grupos de trabalho formados por servidores, sob a coordenação de magistrados, para a edição de livros.

"Comentários às Súmulas do TJPE" foi uma das obras realizadas pelo CEJ. O entro também dispõe de um periódico semestral, a Revista do CEJ, composto de artigos jurídicos escritos por magistrados do TJPE. O entro também edita a coleção “Memórias Judiciárias de Pernambuco”, que resgata a memória do Judiciário estadual através da história de cada um de seus desembargadores. A coleção já conta com três volumes publicados.

Um projeto mais recente do CEJ é a atualização e revisão do livro História das Comarcas Pernambucanas, de 1994. Uma equipe está visitando as 149 comarcas pernambucanas. A previsão é que os resultado das obras possa ser conferido no mês de dezembro deste ano.

Doações - No último dia 24 de setembro, a Biblioteca Desembargador Alexandre Aquino, localizada no 4º andar do Fórum do Recife, completou dois anos de existência. Inaugurada na gestão do desembargador Fausto Freitas como presidente do TJPE, a biblioteca conta com mais de 4.000 livros em seu acervo, além de uma biblioteca à parte doada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Rafael Mayer.

Para contribuir para a ampliação do acervo da biblioteca, basta agendar a doação através do telefone (81) 3412-5904. Após o primeiro contato, é necessário mandar um ofício listando os livros a serem entregues. Esses serão submetidos a uma seleção de acordo com os temas e critérios de interesse da biblioteca. Aberta ao público para consulta das obras, e aos magistrados, servidores e estagiários do TJPE para empréstimo, a biblioteca funciona diariamente, das 12h às 18h.
 

Voltar